INSCREVA-SE NA NEWSLETTER


O que aprendi ao completar 40 anos

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Ao completar 40 anos enfrentamos muitas mudanças, e nessa idade acontecem coisas extraordinárias conosco, é um novo ciclo que inicia, rumando a maturidade e seletividade; e a cura que fazia parte de um projeto se tornou um processo.  

Uma fase nova, um recomeço para fazer tudo novo, refletir, mudar se for necessário, descobrir quem somos e quem queremos ser. Momento no qual nos permitimos crescer, curar feridas e questões que haviam ficado sem resolver. É um estágio para a sabedoria e aproveitar cada segundo de vida, fazer com que esse segundo seja um tesouro único e não esquecer que só viveremos essa vez.

Reprodução Google

Algumas coisas mudam radicalmente, deve ser por conta do extinto sensitivo que se torna mais aguçado, as ideias ficam mais claras e decisivas, e acabam se concretizando com maior intensidade. Analisamos detalhadamente toda nossa vivência, começamos a reciclar e valorizar o que é útil e desejado para nos fazer melhor do que somos.

Listei algumas atitudes marcantes que aprendi nesse novo período de vida, quais são:
  • Elevar a autoestima - aprender a se amar quando está errado e quando tem sucesso, quando chora e quando ri. Conhecer suas fraquezas e seus pontos fortes, aceitar e aprender a valorizar a si mesmo. Ter confiança em si mesmo, e saber que essa segurança é transmitida para os outros, e você se sente em harmonia com o mundo.
  • Se afastar de pessoas tóxicas -  já sabe detectar quem te causa dano, pessoas que absorvem sua energia e te deixam mal. Não insistir em mudar as pessoas, as aceita e mantêm ao seu lado para lhe trazer coisas positivas, é um exercício diário de aprendizado para a vida.
  • Aceitar seu corpo - seus complexos desaparecem ao longo dos anos, porque todos nós temos deficiências e elas são parte de nós. Você é lindo, seu corpo é bonito, e seus pontos fracos são atraentes. Quem te ama e aprecia, ama como você é, não tenta mudá-lo. Você vive em paz com seu corpo e sua alma. 
  • Reconsiderar se é a vida que você quer - se não for, esta é a hora de fazer todas mudanças necessárias para cumprir seus sonhos, porque agora você sabe que a mudança é possível e também é possível lutar por aquilo que você quer. 
  • Aprender a deixar ir quem não te ama - reconhecer e saber quando uma pessoa não ama você, por isso não merece estar em sua vida e deve a deixar ir.
  • Opiniões dos outros não importam - o que dizem ou pensam não afeta você, porque aprendeu a cuidar e valorizar as suas opiniões, e os julgamentos dos outros não vão orientar sua vida, mas sim os seus valores e sua maneira de entender as coisas.
  • Quase nada te causa vergonha - se dizer algo irreverente, você diz; se tem que rir de si mesmo, você ri. Situações ridículas causam ataque de riso, porque você perdeu toda a vergonha sobre o que as pessoas pensam sobre o que você faz ou diz.
  • Você se propõe a realizar seus sonhos - sabe os sonhos que deixou de cumprir, e também sabe que é apenas uma questão de alcance e vai conseguir vivê-los. Então, quando você chega aos 40 propõe-se simplesmente realizar esses sonhos, planejar suas ações, perceber e, gradualmente, ver como materializá-los. 
  • Descobre quem são seus verdadeiros amigos - existem vários tipos de amigos, alguns desapareceram, outros ainda estão lá, alguns são recentes, outros você conhece por anos e não precisam estar grudados para provar a intensidade da amizade, porque estão presentes mesmo sem vê-los. Agora você sabe quem é realmente seu amigo, quem esteve com você em todas as circunstâncias (boas ou ruins), te oferecendo seu apoio incondicional. 
  • Falar o que pensa - não consegue calar a boca, porque sabe que se calar a boca vai se sentir mal. Aprende a dizer o que pensa educadamente, com respeito e firmeza. Sua opinião é importante, e os outros devem saber.
  • Aprender a apreciar o agora - sente em suas mãos tudo o que está acontecendo no momento, valoriza cada instante, porque sabe que é o aqui e agora que importa. 
  • Saber que quase todos problemas são solucionáveis - e se não tem solução não se preocupa mais, porque sabe que não há solução e ponto. A palavra "impossível" tem um significado diferente, porque a vida lhe ensinou que existem pouquíssimas coisas impossíveis. 
  • Não precisa ser mãe para se sentir mais mulher - cada um é feliz do jeito que se sente bem, o tempo muda, as coisas mudam, o mundo gira, e essa transição faz parte da evolução, do amadurecimento, afinal, pessoas felizes não incomodam, apenas vivem suas vidas sem prejudicar os outros.
  • Rir de si mesmo - ri do que você diz, das coisas estúpidas que pensa, dos seus Hobbies e de sua maneira de ver as coisas. Um sorriso é o seu melhor vestido (e mais elegante), é a melhor maneira de aceitar a si mesmo e desfrutar quem você é. 
  • Estar ciente de que está no auge de sua vida - Os 40 te mostram que você se sente bem, que ri de seus defeitos, que seus sonhos são reais ou podem ser, escolhe com quem estar, e que em última análise, você está no auge de sua vida. 
"A vida encolhe e expande em proporção direta com a nossa coragem." (Anaïs Nin) 




3 comentários:

  1. Que mensagem linda!!! Me tocou muito!! Parabens Aninha!!!

    ResponderExcluir
  2. Incrível seu texto Ana, com vários ensinamentos importantes sobre a vida!!Eu adorei!!


    Um grande Beijo!😘

    ResponderExcluir
  3. Muito linda mensagem e aprendizado! Linda e mais madura, com mais auto estima e cheia de vida do que nunca aos quarenta amiga! <3
    Sucesso nessa nova etapa que se inicia!

    http://www.bembela.com

    ResponderExcluir

ANINHA AZEVEDO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL